A  atividade atrai turistas de todas as partes do Brasil e do mundo e movimenta a economia local, gerando emprego e renda
ISAQUE SANTIAGO

A Femarh vai fazer uma análise dos rios que podem receber esse tipo de atividade sem ultrapassar o limite de operadores. Foto: Ederson Brito

Os rios de Roraima são algumas das melhores opções para a pesca esportiva no Brasil. Pensando nisso, a empresa Vilanova Amazon, que atua no ramo no estado do Amazonas, pretende investir no turismo local por meio dessa atividade que atrai praticantes do país inteiro, como também de outras localidades.

Na tarde desta quarta-feira, 22, o governador Antonio Denarium recebeu representantes da empresa Vilanova no Palácio Senador Hélio Campos para conversar sobre as possibilidades de instalar operações nos rios roraimenses.

Operadores são hotéis, barcos de pesca, entre outras atividades turísticas. Em alguns rios o número de operadores é limitado.

O empresário Vitor Vilanova, proprietário da Vilanova Amazon, pretende identificar um local adequado, com o apoio técnico da Femarh (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos) para instalar a operação de forma sustentável.

“A nossa ideia já de muito tempo é de fomentar o turismo de pesca esportiva, um mercado grande no mundo inteiro, aqui no Estado de Roraima. Com isso vamos trazer muita gente para deixar dinheiro aqui no Estado, movimentar a economia local de Boa Vista, que é uma cidade com vários rios em volta, cheios de peixe, que dá para se explorar o turismo de forma sustentável, mas que perde para muitos municípios pequenos do Amazonas”, disse.

O governador Antonio Denarium afirmou que é importante fomentar o turismo de pesca esportiva que é um mercado muito promissor, pois Roraima tem um grande potencial pelos grandes rios repletos de diversas espécies de peixes.

O presidente da Femarh, Ionilson Sampaio afirmou que primeiro é preciso analisar onde a empresa pretende exercer a atividade de pesca esportiva, pois existem alguns rios que têm restrições em relação ao número de operadores devido a um excesso de operações ou de pescadores.

“Existem estudos em alguns rios que limitam esse número de operações, mas vamos estudar os locais que eles podem instalar novos empreendimentos, verificar a viabilidade para garantir um turismo de forma sustentável, gerando emprego e renda. O turismo é uma maneira muito eficiente de atrair investimentos para o Estado”, declarou Sampaio.

De todos os Estados da Região Norte, Roraima foi o que mais cresceu
VÂNIA COELHO
Foto: Neto Figueiredo

Depois de anos de retração na criação de novos empregos, 2019 surge com um cenário mais positivo para o mercado. Após sete meses consecutivos de bons números na geração de empregos formais, setembro registrou o melhor resultado mensal até o momento: foram 605 novos postos com carteira assinada.

O Governo de Roraima tem contribuído para o cenário positivo, onde os empreendedores confiando, principalmente, no pagamento em dia dos servidores públicos, voltam a contratar. A marca da nova gestão tem gerado aumento da confiança entre os empreendedores.

De todos os Estados da Região Norte, Roraima foi o que mais cresceu. Conforme o secretário de Planejamento e Desenvolvimento, Marcos Jorge de Lima, houve aumento em relação ao ano passado. “No acumulado de janeiro a setembro de 2019, o saldo de empregos formais ficou positivo em 1.604 postos de trabalho. Valor bem acima do apresentado no mesmo período do ano passado quando o resultado ficou negativo em 293 postos”, ressaltou Marcos.

Ainda segundo o secretário, o trabalho continua e o objetivo é aquecer ainda mais os vários setores da economia. “Continuaremos trabalhando para estimular os diversos setores da economia que impactam diretamente na geração de emprego e renda. Não tenho dúvida de que esse é mais um indicador de que o governador Antonio Denarium está conduzindo o Governo do Estado no caminho certo”, garantiu.

Marcos Jorge ressaltou que com as obras que estão em curso e as que estão por ser iniciadas, haverá um aumento na oferta de vagas de trabalho. “Iremos gerar ainda mais empregos em 2019. No mês de setembro deste ano, a indústria da construção civil atingiu o topo das contratações, o que demonstra que as obras que estão sendo retomadas pelo Governo do Estado estão impactando diretamente na geração de emprego e renda”, disse o secretário.

Ele citou como exemplo, as obras do presídio de Rorainópolis, que tem previsão para ser entregue até abril de 2020, além da retomada da construção da sede do 1º e 2º distritos policiais em Boa Vista e em Caracaraí, além da conclusão da caixa d’água do Conjunto habitacional Cidade Satélite, inaugurada recentemente, além da construção do Grande Trauma do HGR(Hospital Geral de Roraima),da nova maternidade e do IML(Instituto Médico Legal) de Rorainópolis.

De acordo com dados da Seplan, houve um aumento acumulado em 2019 de 3,02% no número de empregos formais em Roraima, sendo o melhor resultado relativo de toda a Região Norte, que em média cresceu 1,98% neste ano.

Além de ser o que mais cresceu na a região, Roraima ficou acima da maioria dos Estados brasileiros, ocupando a 5ª posição dentre as unidades da federação, abaixo apenas de Mato Grosso (4,77%), Mato Grosso do Sul (3,80%), Santa Catarina (3,66%) e Goiás (3,36%).

Entre os municípios do Estado, Boa Vista foi o município que mais gerou empregos formais, com saldo acumulado no ano de 1.091 novos empregos. Em segundo lugar ficou Pacaraima, com 126 postos de trabalho, seguido por Cantá com 118 postos e Rorainópolis, com 100 novos postos de trabalho.

Comparando com o mês de agosto, houve um incremento de 119%. A construção civil foi o setor que mais gerou postos de trabalho em setembro, sendo criados 260 empregos, em segundo lugar ficou o comércio, com a criação de 231.

Outros setores que também apresentaram resultados positivos no mês de setembro foram serviços (73), agropecuária (18), indústria de transformação (18), extrativa mineral (9), e serviços industriais de utilidade pública (7).

E, com a aproximação das festas de fim de ano, surgem novas contratações de trabalhos temporários no comércio varejista.

As ações se concentram nas comunidades de Santa Maria do Boiaçu, Caicubí e Terra Preta, com o foco no turismo de pesca esportiva
ASCOM /SEPLAN

Foto: Secom/RR

Em busca de fortalecer as ações do turismo com o olhar voltado para a área de pesca esportiva, o Detur (Departamento Estadual de Turismo) da Seplan (Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento de Roraima), realiza uma série de capacitações na região do Baixo Rio Branco até este domingo, dia 06.

Com a parceria da Uerr (Universidade Estadual de Roraima), apoio do Sebrae-RR e o CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima), foi possível deslocar uma equipe do Detur para realizar as atividades com os moradores da comunidade que já atuam em atividades desse seguimento e demais interessados.

Conforme o diretor do Detur, Bruno Muniz de Brito, as ações se concentram na comunidade de Santa Maria do Boiaçu e devem contemplar também as localidades de Caicubí e Terra Preta, com capacitações que abordam temas como "Introdução ao Turismo", "Primeiros Socorros", "Atendimento ao Turista" e "Noções Básicas para Condução Local em Áreas Naturais", entre outros.

Na oportunidade, serão feitos levantamentos sobre o potencial turístico da região para identificar os roteiros turísticos que podem ser explorados além do turismo de pesca. “Dessa forma, nós vamos poder conhecer as necessidades da região visando o fortalecimento do turismo de pesca esportiva e outras potencialidades a serem exploradas”, disse Bruno.

Marcos Jorge: "Trabalhamos para estimular a economia através dos investimentos e de parcerias com os setores estratégicos, como é o comércio e serviços, por exemplo"
ASCOM/SEPLAN   Fotos: Fernando Oliveira

“Cenário econômico atual e o potencial de crescimento do Estado de Roraima para os próximos anos”, este foi o tema da palestra do secretário de Planejamento e Desenvolvimento, Marcos Jorge, durante encontro empresarial "Noite de Oportunidades Pátio Roraima Shopping", realizado na noite desta terça-feira, dia 1º, no espaço D’Rosi.

Promovido pelo grupo Saphyr, que gerencia a rede de Shoppings Pátio em todo o Brasil, o evento reuniu empresários, franquiados, representantes de franquias nacionais, além de autoridades e a imprensa, com a proposta de proporcionar uma troca de experiência do trabalho em rede e oportunizar o público alvo de conhecer tudo o que o mercado dos shoppings centers pode oferecer.

Na ocasião, também foram apresentadas 50 oportunidades de empresas que desejam operar em Roraima, por meio do Pátio. Marcos Jorge aproveitou para destacar o empenho do Governo em ações para promover a melhoria do ambiente de negócios e a indução da economia, com foco na atração de investimentos, assegurando ser algumas das pautas centrais da Gestão Antonio Denarium.

“Trabalhamos para estimular a economia por meio dos investimentos e de parcerias com os setores estratégicos como é o comércio e serviços por exemplo”, disse.

Durante a apresentação, o secretário abordou temas como a situação energética de Roraima, que estabelecerá de uma vez por todas garantia e segurança jurídica a quem desejar empreender em Roraima, tendo em vista a realização do Leilão de Energia que irá oferecer diferentes fontes de energia por meio das empresas vencedoras, para o suprimento de Boa Vista e localidades conectadas. Falou também sobre a construção do Linhão de Tucuruí, que conta com a prioridade do Governo Federal para sua conclusão.

Outra ação estruturante pontuada pelo secretário foi a de regularização fundiária, que segundo Marcos Jorge, é um dos pilares fundamentais ao crescimento e desenvolvimento do Estado. Se estendeu também ao processo de elaboração do Zoneamento Ecológico Econômico - instrumento técnico norteador do planejamento geral do processo de uso e ocupação do solo que, ao ser concluído, proporcionará diretrizes e ações específicas para cada área, visando o desenvolvimento econômico e sustentabilidade dos recursos naturais e aumento da área produtiva.

O titular da Seplan (Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento) também reiterou que o evento foi uma oportunidade de expor a situação atual do Estado, afirmando que Roraima enfrentou um grande colapso financeiro, mas que a atual gestão já está conseguindo estabelecer o equilíbrio das finanças.

“Saio daqui hoje muito feliz ao verificar os dados apresentados que apontam uma população média mensal que passa pelo shopping de 390 mil pessoas. É basicamente a população de Boa Vista passando pelo shopping. E principalmente pelo fato de observar que mais de 50 franquias estão sendo viabilizadas pelo shopping para induzirem ainda mais o consumo, atenderem a população com as melhores e as maiores marcas nacionais, trazendo consequentemente investimento para o nosso Estado”, garantiu.

Para o superintendente do Pátio Roraima Shopping, Fabiano Guerra, a prova mais concreta do círculo virtuoso que o Estado vem passando e o shopping, se associa à procura de mais de 50 franquias querendo se estabelecer no Estado de Roraima e no Pátio Roraima.

“Diante dessa grande procura, a gente resolveu fazer uma consolidação de todas essas empresas e lançar um hotsite. Então, é o lançamento de uma campanha digital, com mais de 50 apresentações de franquias, com todos os números delas, quantas unidades, fundo de investimentos que estará disponível para toda a população”, disse.

Fabiano explicou que o hotsite vai estar com link em todas as divulgações do Pátio no Instagram, Facebook e site. “Esse é um momento muito importante para o shopping e para o Estado, que está conseguindo, sim, atrair pessoas para virem para cá, atrair novas marcas e agora tem os investidores corretos aqui para completar esse ciclo de crescimento”, ressaltou.

Pontes da RR-325

A RR-325, que liga os municípios de Mucajaí e Alto Alegre, será contemplada com cinco novas pontes de concreto que serão construídas pelo Governo de Roraima. As obras devem iniciar ainda este ano ao custo de cerca de R$ 7 milhões com recursos de emendas parlamentares dos deputados estaduais.

A assinatura para o início do processo licitatório foi feita nesta terça-feira, 1º, pelo secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, e pelo diretor do Deit (Departamento de Infraestrutura de Transporte) da Seinf (Secretaria Estadual de Infraestrutura), Emerson Oliveira.

De acordo com Lima, a obra atende a um compromisso firmado pelo chefe do Executivo estadual. “É uma obra que vai beneficiar aos moradores das duas regiões, além de ser um compromisso do então candidato a Governo, Antonio Denarium. É mais trafegabilidade para quem usa esse trecho com pontes que permitem a passagem de dois veículos simultaneamente”, disse o secretário.

As pontes serão construídas sobre os igarapés que ficam nos quilômetros 68, 72, 124, 131 e 134. A expectativa é que o lançamento do edital para contratação de empresas que irão construí-las ocorra em novembro. Outra previsão é que até o final de 2019 a ordem de serviço para o início das obras seja emitida.

PONTES DE MADEIRA - O Governo de Roraima, por meio da Seinf, está finalizando a construção de pontes de madeira no município de Cantá. De um total de 19 a serem beneficiadas, apenas duas ainda faltam ser concluídas. As duas que faltam são da vicinal 3 do PA (Projeto de Assentamento) União, que devem ser concluídas neste mês de outubro.

Ao todo, são 290m de extensão de pontes novas, que variam de 10m a 100m, cada uma. Os recursos para a construção das pontes são oriundos do FPE (Fundo de Participação dos Estados) e de emenda parlamentar do deputado federal Hiran Gonçalves. O total do investimento é de R$ 2.745.236,48.

OUTROS MUNICÍPIOS - O Governo de Roraima tem um plano para manutenção de pontes de madeira nos outros municípios. Com recursos próprios do Estado, da ordem de R$ 3.690.528,52, o projeto deve ser licitado ainda neste mês de outubro.