Marcos Jorge: "Trabalhamos para estimular a economia através dos investimentos e de parcerias com os setores estratégicos, como é o comércio e serviços, por exemplo"
ASCOM/SEPLAN   Fotos: Fernando Oliveira

“Cenário econômico atual e o potencial de crescimento do Estado de Roraima para os próximos anos”, este foi o tema da palestra do secretário de Planejamento e Desenvolvimento, Marcos Jorge, durante encontro empresarial "Noite de Oportunidades Pátio Roraima Shopping", realizado na noite desta terça-feira, dia 1º, no espaço D’Rosi.

Promovido pelo grupo Saphyr, que gerencia a rede de Shoppings Pátio em todo o Brasil, o evento reuniu empresários, franquiados, representantes de franquias nacionais, além de autoridades e a imprensa, com a proposta de proporcionar uma troca de experiência do trabalho em rede e oportunizar o público alvo de conhecer tudo o que o mercado dos shoppings centers pode oferecer.

Na ocasião, também foram apresentadas 50 oportunidades de empresas que desejam operar em Roraima, por meio do Pátio. Marcos Jorge aproveitou para destacar o empenho do Governo em ações para promover a melhoria do ambiente de negócios e a indução da economia, com foco na atração de investimentos, assegurando ser algumas das pautas centrais da Gestão Antonio Denarium.

“Trabalhamos para estimular a economia por meio dos investimentos e de parcerias com os setores estratégicos como é o comércio e serviços por exemplo”, disse.

Durante a apresentação, o secretário abordou temas como a situação energética de Roraima, que estabelecerá de uma vez por todas garantia e segurança jurídica a quem desejar empreender em Roraima, tendo em vista a realização do Leilão de Energia que irá oferecer diferentes fontes de energia por meio das empresas vencedoras, para o suprimento de Boa Vista e localidades conectadas. Falou também sobre a construção do Linhão de Tucuruí, que conta com a prioridade do Governo Federal para sua conclusão.

Outra ação estruturante pontuada pelo secretário foi a de regularização fundiária, que segundo Marcos Jorge, é um dos pilares fundamentais ao crescimento e desenvolvimento do Estado. Se estendeu também ao processo de elaboração do Zoneamento Ecológico Econômico - instrumento técnico norteador do planejamento geral do processo de uso e ocupação do solo que, ao ser concluído, proporcionará diretrizes e ações específicas para cada área, visando o desenvolvimento econômico e sustentabilidade dos recursos naturais e aumento da área produtiva.

O titular da Seplan (Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento) também reiterou que o evento foi uma oportunidade de expor a situação atual do Estado, afirmando que Roraima enfrentou um grande colapso financeiro, mas que a atual gestão já está conseguindo estabelecer o equilíbrio das finanças.

“Saio daqui hoje muito feliz ao verificar os dados apresentados que apontam uma população média mensal que passa pelo shopping de 390 mil pessoas. É basicamente a população de Boa Vista passando pelo shopping. E principalmente pelo fato de observar que mais de 50 franquias estão sendo viabilizadas pelo shopping para induzirem ainda mais o consumo, atenderem a população com as melhores e as maiores marcas nacionais, trazendo consequentemente investimento para o nosso Estado”, garantiu.

Para o superintendente do Pátio Roraima Shopping, Fabiano Guerra, a prova mais concreta do círculo virtuoso que o Estado vem passando e o shopping, se associa à procura de mais de 50 franquias querendo se estabelecer no Estado de Roraima e no Pátio Roraima.

“Diante dessa grande procura, a gente resolveu fazer uma consolidação de todas essas empresas e lançar um hotsite. Então, é o lançamento de uma campanha digital, com mais de 50 apresentações de franquias, com todos os números delas, quantas unidades, fundo de investimentos que estará disponível para toda a população”, disse.

Fabiano explicou que o hotsite vai estar com link em todas as divulgações do Pátio no Instagram, Facebook e site. “Esse é um momento muito importante para o shopping e para o Estado, que está conseguindo, sim, atrair pessoas para virem para cá, atrair novas marcas e agora tem os investidores corretos aqui para completar esse ciclo de crescimento”, ressaltou.

Pontes da RR-325

A RR-325, que liga os municípios de Mucajaí e Alto Alegre, será contemplada com cinco novas pontes de concreto que serão construídas pelo Governo de Roraima. As obras devem iniciar ainda este ano ao custo de cerca de R$ 7 milhões com recursos de emendas parlamentares dos deputados estaduais.

A assinatura para o início do processo licitatório foi feita nesta terça-feira, 1º, pelo secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, e pelo diretor do Deit (Departamento de Infraestrutura de Transporte) da Seinf (Secretaria Estadual de Infraestrutura), Emerson Oliveira.

De acordo com Lima, a obra atende a um compromisso firmado pelo chefe do Executivo estadual. “É uma obra que vai beneficiar aos moradores das duas regiões, além de ser um compromisso do então candidato a Governo, Antonio Denarium. É mais trafegabilidade para quem usa esse trecho com pontes que permitem a passagem de dois veículos simultaneamente”, disse o secretário.

As pontes serão construídas sobre os igarapés que ficam nos quilômetros 68, 72, 124, 131 e 134. A expectativa é que o lançamento do edital para contratação de empresas que irão construí-las ocorra em novembro. Outra previsão é que até o final de 2019 a ordem de serviço para o início das obras seja emitida.

PONTES DE MADEIRA - O Governo de Roraima, por meio da Seinf, está finalizando a construção de pontes de madeira no município de Cantá. De um total de 19 a serem beneficiadas, apenas duas ainda faltam ser concluídas. As duas que faltam são da vicinal 3 do PA (Projeto de Assentamento) União, que devem ser concluídas neste mês de outubro.

Ao todo, são 290m de extensão de pontes novas, que variam de 10m a 100m, cada uma. Os recursos para a construção das pontes são oriundos do FPE (Fundo de Participação dos Estados) e de emenda parlamentar do deputado federal Hiran Gonçalves. O total do investimento é de R$ 2.745.236,48.

OUTROS MUNICÍPIOS - O Governo de Roraima tem um plano para manutenção de pontes de madeira nos outros municípios. Com recursos próprios do Estado, da ordem de R$ 3.690.528,52, o projeto deve ser licitado ainda neste mês de outubro.