A cartilha é um apanhado de informações que vem sendo reunidas desde o ano passado, junto com várias lideranças indígenas do Estado
ASCOM/SEPLAN

 
Fotos: Secom/RR
O evento aconteceu na Videoteca do Palácio da Cultura Nenê Macaggi

 

A Seplan (Secretaria Estadual de Planejamento e Desenvolvimento), por meio do Detur (Departamento de Turismo), em parceria com o curso de Turismo da Uerr (Universidade Estadual de Roraima), lançou na última sexta-feira, 24, no auditório da Videoteca do Palácio da Cultura Nenê Macaggi, a cartilha denominada “Diretrizes para o Desenvolvimento do Turismo em Terras Indígenas de Roraima”.

Segundo o diretor do Detur e professor acadêmico da área, Bruno Muniz de Brito, a cartilha é um apanhado de informações que vem sendo elaborada desde o ano passado, junto com várias lideranças indígenas do Estado de Roraima. Ele lembrou a sua participação em eventos indígenas, onde teve a oportunidade de reunir-se com vários líderes, o que o possibilitou aplicar uma metodologia própria para formatar diretrizes sugeridas por representantes indígenas, com o intuito de viabilizar o turismo em terras indígenas.

“Essas diretrizes foram elaboradas e devem ser seguidas em função da necessidade, da especificidade e da temporalidade de cada comunidade. Elas foram desenvolvidas devido ao anseio e interesse dos líderes das comunidades em levar turismo para os seus territórios, mas dentro dos princípios constitucionais que regem a atualidade, com o conhecimento da Funai (Fundação Nacional do Índio) e das instâncias representativas, como o Ministério Público Federal e o Governo do Estado, por exemplo”, disse.

Bruno explicou ainda que através do protocolo de ação, que também será trabalhado dentro das diretrizes, o Detur vai orientar, apoiar e incentivar o turismo em terras indígenas. Essas medidas serão adotadas pelo departamento, mediante solicitação das lideranças indígenas das comunidades, a fim de que o turismo comece a ser planejado nessas terras. “Essa iniciativa irá convergir para o interesse das comunidades em criar um ambiente favorável ao desenvolvimento do turismo dentro daquilo que é sustentável: os princípios da economia, do meio ambiente, da cultura e do desenvolvimento social. A cartilha está formatada nesse sentido e será lançada junto com o protocolo de atuação. O intuito é fazer com que cada comunidade, orientada pelo Detur, possa receber visitantes e se preparar para o turismo, ampliando assim nosso rol de atrativos e recursos turísticos no Estado de Roraima”, destacou.